18 agosto 2005

Ponte do Poço de Santiago

Ao património artístico de Sever do Vouga pertence aquela que é considerada o ex libris do concelho - a Ponte do Poço de Santiago - verdadeira obra monumental, toda ela construída em alvenaria e com 28,5 metros de altura, constituindo um símbolo de identidade de toda a região. A ponte insere-se num recanto natural verdadeiramente paradisíaco de verdes matizantes das montanhas que desaguam languidamente nas águas do rio Vouga, donde sobressai pela sua imponência, majestosa e sóbria, transmitindo uma imagem ímpar de beleza natural e artística. Vários estudiosos defendem ser esta a mais alta ponte do país construída em pedra. Com 165 metros de comprimento, é constituída no seu todo por 12 arcos de tamanhos vários. O maior, de forma parabólica, abraça firmemente as margens do rio Vouga, tendo de altura 27 metros e de vão (comprimento da base) 53 metros. O fecho deste arco, o central, apresenta apenas 90 cm de espessura. Os restantes 11 arcos partilham da base do arco maior, havendo uma duplicidade de soluções geométricas e de engenharia verdadeiramente arrojadas. Nela circulava o saudoso comboio do Vale do Vouga, extinto em 1972 e substituído por automotoras. Agora é a circulação viária que assegura as funções que dantes estavam cometidas ao "Vouguinha". A construção da Ponte do Poço de Santiago remonta ao ano de 1913, tendo sido necessários 3 a 4 anos para a sua conclusão e teve como orientador no terreno o engenheiro francês F. Mercier.

1 Comments:

At sexta-feira, 19 agosto, 2005, Anonymous psyreg said...

eeeehhhhhh...mto a frente..=) sever é akela koisa..=) ja tibe em cima dessa ponte bue d xs..e algumas deles foi a fazer rapel..=) momentos inesqueciveis..bjituh pa ti*

 

Enviar um comentário

<< Home